quinta-feira, dezembro 15, 2005

Cavaco agradece

(0492)

Soares surge agora como defensor da classe política e aponta baterias para os empresários, para os economistas, em suma, para os privados, dizendo que quem não defende os políticos é anti-democrata.
Alegre tem também uma opinião negativa sobre a organização empresarial e de trabalho em Portugal.
(Ambos os candidatos tem a subtileza de um elefante numa loja de porcelanas)

0 Comentários:

Enviar um comentário

Trackbacks:

Criar uma hiperligação

<< Início